Roda-Satsang – actualização e exercício prático

Ainda não é desta que rodamos. Decidi cancelar o meu primeiro workshop. O motivo: inscrições insuficientes, dado que teria de alugar um espaço para o encontro. Senti que, apesar do entusiasmo, faltou disponibilidade. A começar por mim, já que estou numa fase de muito movimento à minha volta, de mudanças recentes que me obrigaram a focar-me noutras áreas da minha vida que precisavam de atenção. E, claro, isso levou a que quase ninguém se tenha inscrito na Roda-Satsang, apesar dos emails que recebi de pessoas curiosas. E é perfeito assim. Os tempos, sempre os tempos. Para nos aperfeiçoarmos e para que as coisas aconteçam.

Seguramente surgirá outra oportunidade para vos falar da soberania da Terra e do poder que ela nos dá a todos à nascença, da energia que flui através de nós e do imenso potencial que trazemos, da cura de todos os corpos físicos e não físicos do mundo e do Universo, da cura pelas mãos, da cura pelo pensamento, da cura da Memória, da cura pelas histórias, dos espíritos, dos mestres, dos guias, dos ancestrais, da magia, da Mãe, da Fonte, do Um e, por fim, do Zero, do imensurável.

Sugiro que, até lá, façam o exercício prático que partilharei de seguida, a que chamo de meditação activa. Eu próprio costumo fazê-lo, com uma ou outra variação. As instruções que vos vou deixar são apenas sugestões de orientação, pois não existem fórmulas. Se sentirem esse apelo, adaptem-nas à vossa sensibilidade. Podem fazer o exercício em silêncio ou com uma música à vossa escolha.

Exercício Prático:

  • sentados de forma confortável, unam as palmas das mãos em frente ao peito, em posição de oração, sentindo a energia que se concentra entre elas. Podem fechar os olhos, se vos ajudar a manter o foco. Essa energia que sentem tem tido vários nomes ao longo da História, mas chamemos-lhe apenas Presença. Cada um de nós é essa energia que emana, essa Presença;
  • depois de alguns momentos em silêncio, inspirando e expirando, apaziguando o corpo, a mente, as emoções e o espírito, e sentindo a superfície em que estão sentados, a Terra, afirmar em voz alta, uma ou quantas vezes necessárias: “Obrigado pelo meu corpo perfeito”;
  • de seguida, levar as duas mãos até aos pés, tocar-lhes, ficar um momento em silêncio e dizer em voz alta “Obrigado aos meus pés”, conscientes do papel que representam no funcionamento do nosso corpo;
  • repetir o processo em cada uma das partes do corpo mencionadas e/ou outras que considerem relevantes para o exercício, sempre tendo consciência do papel singular que cada uma das partes representa na nossa vida: pés, pernas, cóccix, genitais, barriga/estômago, costas/coluna, peito/coração/pulmões, ombros, braços, mãos, pescoço/garganta, boca, nariz, ouvidos, olhos, rosto, testa, cabeça;
  • voltar à posição inicial, mãos unidas em frente ao peito, e voltar a afirmar “Obrigado pelo meu corpo perfeito. Obrigado.”, terminando o exercício.

Este exercício realinha-me e conecta-me com a sacralidade do meu corpo, da minha vida, e relembra-me que eu não existo sem a Terra, sem a Natureza, sem o meu corpo. O facto de dizer “Obrigado“, relembra-me da importância que cada parte de mim tem no meu processo individual. É excelente como harmonização e activação energética, empoderamento interior e conexão ao ritmo da Terra. Se experimentarem, contem-me como foi!

Entretanto, o Verão chegou, com Litha, essa belíssima festividade da luz, a do sol e a do fogo, mas também a celebração da água, que nos beija nos rios e no mar. Vou deixar passar este tempo, que nos convida a abrandar, a usufruir dos dias, e posteriormente abrirei novas inscrições para a Roda-Satsang. Até lá, continuarei a preparar as próximas novidades. Vão espreitando aqui e nas minhas redes sociais para se manterem a par.

Obrigado e até já!

2 thoughts on “Roda-Satsang – actualização e exercício prático

  1. Olá Samuel! O tempo, sempre o tempo… Quero muito fazer este workshop contigo, mas também tenho outros projectos entre mãos e neste momento, não consigo. Outubro ou Novembro, talvez?! Vou incluir este exercício na minha meditação e aguardo por uma nova data, meu querido Amigo.
    Beijinhos

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s